Compartilhar

O sangue, para quem não sabe, é esse líquido meio viscoso que corre por seu corpo por causa do bombeamento do coração. Normalmente quando você o vê escorrendo é um mal sinal. Mais ou menos metade do volume dele é o chamado plasma que é a parte aquosa e o resto são células que fluem junto. Que células que temos no sangue?

w_Red blood cells
Hemácias

Talvez você se lembre das aulas de biologia. Temos 3 tipos principais de células no sangue: glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas. Glóbulos vermelhos são as famosas pois são vermelhas que nem o sangue as mais numerosas. São as hemácias (ou eritrócitos), células achatadas e sem núcleo que são produzidas na medula óssea que é uma estrutura presente no interior de ossos longos. Hemácias servem para levar o oxigênio que conseguimos nos pulmões para o resto do corpo e levar o gás carbônico produzido pelas células para o pulmão onde é liberado na respiração. Ela tem essa capacidade pois possui uma substância chamada hemoglobina rica em ferro que se adere à alguns gases como o oxigênio e o gás carbônico.

7cfb37af1619448e990e4bae64b5b557
Leucócito entre hemácias

Outras células também presentes são as células brancas ou leucócitos que representam mais ou menos 1% do volume do sangue. A função delas é a defesa do organismo e existem diversos tipos, cada um desempenhando uma função diferente. Neutrófilo, por exemplo, atuam na defesa contra bactérias e os linfócitos coordenam as defesas e produzem anticorpos (um dos tipos de linfócito, inclusive, é o alvo do vírus da AIDS). Temos muitos tipos de leucócitos que não ficam no sangue, ficam em outros lugares como o sistema linfático, mas como o artigo é sobre sangue, não vamos nos aprofundar nisso desta vez.

platelets
Plaquetas

O terceiro tipo são as plaquetas, células sem núcleo que trabalham na coagulação. Elas produzem substâncias que ativam a outras substâncias e, em um efeito cascata, resulta no processo de coagulação do sangue, impedindo sangramentos eternos. Pessoas que te hemofilia, não conseguem produzir uma dessas substâncias, não permitindo que o processo de coagulação aconteça.

plasma
Plasma

Fora as células, o resto do sangue, como já citado, é formado de plasma. Não o quarto estado da matéria, mas um líquido que é mais de 90% água e dá carona para alguns substâncias para lá e para cá. Dentre elas estão gordura, açúcar, sal, vitaminas, enzimas, anticorpos que é tudo aquilo que você recebe no papel do exame de sangue. Há ainda no plasma, hormônios, substâncias que regulam funções do corpo (como glucagon e insulina que regulam o nível de glicose no sangue) e proteínas (como a albumina presente no sangue que regula a pressão osmótica, transporta hormônios e regula ph).

size_810_16_9_remediosÉ pelo sangue que se distribui os remédios que tomamos, seja através de comprimidos ou através de injeções. Entender a injeção é fácil: aplica-se a substância em uma veia e o fluxo do sangue a leva para todo o corpo. Os comprimidos são digeridos e suas substâncias, assim como as da comida que ingerimos, são absorvidas pela parede do intestino e chegam à corrente sanguínea. A partir daí, nutrientes da comida e substâncias dos medicamentos chegam a cada uma de nossas células.

thumb_img_0030_1024
Bochechas avermelhadas devido a vaso dilatação

Outra função do sangue dentro de seu sistema cardiovascular é regular a temperatura do corpo. Já viu que as pessoas ficam vermelhas depois de uma atividade física intensa ou ficam com unhas roxas no frio? Então, os vasos sanguíneos da superfície do corpo trocam muito calor com o lado de fora. Quando superaquecemos, impulsos nervosos fazem os vasos se dilatarem (vasos da superfície ficam mais aparentes e a pessoa fica vermelha) e o sangue que está quente troca calor com o ambiente mais frio, se resfriando. No frio é o contrário, os vasos se comprimem para não trocar calor (liberar calor para o ambiente).

E, finalmente, temos a função de lixeiro do sangue. Ele pega tudo que foi descartado pelas células e leva para lugares onde poderão ser eliminados pelo corpo. O gás carbônico é o exemplo mais fácil: da mesma forma que ele leva oxigênio dos pulmões até as células, ele leva o gás carbônico das células até os pulmões. Os outros materiais descartados pelas células são levados pelo sangue até os rins que têm o papel de filtro. Ele retira essas substâncias descartadas e as transforma em urina.

giphyTantas funções essenciais para nosso corpo acontece com a contribuição do sangue ou por exclusiva causa dele. Respiração, excreção, regulação de temperatura, defesa, alimentação, regulação … Podemos então pensar que não é a toa que o órgão poeticamente mais importante é o coração que faz toda essa maravilha fluir.

Fontes: MedicalNewsToday e ShareCare

Deixe uma resposta