Compartilhar
A meditação ainda é ligada apenas a monges carecas..
A meditação ainda é ligada apenas a monges carecas..

Andy começou a meditar quando ainda tinha 11 anos, acompanhando sua mãe, uma psicoterapeuta, em suas aulas semanais. O garoto gostava de meditar e achava incrivelmente útil. Porém, aos 16 anos, começou a descobrir o mundo das bebidas, baladas e garotas… Quando estava na faculdade, cursando um diploma em esportes e trabalhando como personal trainer, Andy sofreu uma série de eventos traumáticos que viriam a mudar a maneira como ele enxergava a vida. Sua irmã, de apenas 20 anos, faleceu em um acidente de bicicleta. Logo depois, sua ex-namorada faleceu durante uma cirurgia de coração. Para completar, depois de uma festa de Natal, Andy assistiu a um grupo inteiro de amigos ser brutalmente atropelado por um motorista bêbado, matando dois deles.

Após essa série de desventuras, Andy decidiu abandonar a vida de universitário, viajar para a Ásia e se tornar um monge. Índia, Nepal, Tibet, Rússia… Durante 10 anos de sua vida, viajou de monastério em monastério, aperfeiçoando suas técnicas de meditação até que se tornou um verdadeiro monge budista na Rússia, onde foi professor por um tempo. Andy Puddicombe é o criador e a voz do Head Space, um dos guias mais famosos de meditação da atualidade. Mas afinal, o que é meditação? É uma experiência espiritual? É preciso ser um monge careca e abdicar dos bens materiais para praticar? Nada disso… Assim como a de Andy, a missão desse texto é desmistificar a prática e mostrar o quanto ela é importante. Vamos nessa?

Andy em sua palestra no TED Talks
Andy em sua palestra no TED Talks

Andy pode até ser careca, mas os estereótipos param por aí… Andy é casado, tem um filho, mora na Califórnia e não, não usa roupões vermelhos nem abdicou dos bens materiais. É um cara “normal”. Há alguns anos a meditação vem criando raízes na cultura ocidental e o sucesso do Head Space é prova disso. O que era uma atividade exclusiva de hippies e monges carecas, agora é rotina na vida de bilionários de Wall Street, jogadores de futebol e militares da marinha americana. Além disso, o que era uma atividade exclusivamente religiosa, agora tem seus inúmeros benefícios exaustivamente comprovados pela ciência e, acredite, não tem nada a ver com religião (a não ser que você queira que seja). Mas antes de expor qualquer um deles, precisamos responder à pergunta: O que é meditação?

Foque na respiração
Foque na respiração

É difícil definir a meditação pois é uma prática que surgiu em várias religiões diferentes e com diversas técnicas e propósitos diferentes. A nomeação por religião como “meditação hinduísta” nem mesmo é possível pois não se pode encontrar um único tipo de meditação dentro de uma religião. Essa indefinição, assim como diversos termos e ideologias hippies e espirituais que circundam a prática, atrapalhou por muitos anos o estudo da meditação pela ciência. Porém, todas possuem um ponto em comum: atenção. Para entendermos melhor, vamos analisar uma forma bem simples de meditação… Sente confortavelmente e feche seus olhos. Bem, não agora, ou a leitura será um pouco difícil… Preste atenção no ritmo de sua respiração. Depois de cada expiração, conte um número até chegar até 10. Depois disso, comece a contagem de novo. Se você se distrair, comece de novo também. Parece simples, não? Que tal tentar por um minutinho? Vai lá, eu te espero…

E aí, como foi? Se você nunca meditou, há uma grande chance de que tenha saído algo desse tipo:

“1-2-3-Humm até que isso é fácil! É só isso que esses monges fazem o dia inteiro? Espera, aonde eu estava? 1-2-3-4-5-Putz, o trabalho é pra amanhã! Esqueci dessa bosta! Ai que saco! Ok, vou acabar isso primeiro… 7-8-9-10-11-12-13-Humm já estou sentindo os efeitos. Até que isso é legal! Será que eu vou conseguir levitar? Tá tranquilo, tá favorável. Err quer dizer… 15-16-Não! Era pra voltar pro 1! 1-2-3-4-5-Putz, que coceira malígna. *coça* Aonde eu estava? Grrrr! 1-2-3-*Boca enche de saliva. Engole* UM-DOIS-TRÊS-QUATRO-AGORA EU VOU ME CONCENTRAR, VOU CHEGAR ATÉ 10, VOU PENSAR APENAS NISSO… Aonde eu estava?”

Se junte à resistência
Junte-se à resistência

Se você conseguiu manter o foco apenas na respiração por um bom período de tempo, parabéns, você é o diferentão um privilegiado da atenção. Ou apenas estava num bom dia… Porém, há uma grande chance de que você tenha se distraído pelo menos uma vez durante o processo. A grande questão é o que fazemos quando isso acontece. Geralmente, quando nos distraímos com algo agradável, tendemos a perseguir esses pensamentos e sensações, perdendo o foco no que estamos fazendo. Por outro lado, quando um pensamento ruim invade nossas cabeças, tentamos bloqueá-lo ou forçá-lo a ir embora. A ideia da meditação é ter um “gancho de atenção” como a sua respiração, um mantra (Ohmmmm), uma sensação física ou até mesmo uma atenção dispersa (aonde você não deve focar em nada específico, mas sim em suas informações sensoriais e pensamentos como um todo) e retornar a eles sempre que se distrair.

Porém, se você tentar bloquear esses pensamentos, vai acabar criando novos pensamentos de distração. Por exemplo, imagine que você se perde na contagem. Nesse momento, em vez de simplesmente recomeçar, você se xinga e se culpa. A questão é que o próprio pensamento de culpa é uma distração! É preciso continuar o exercício sem nenhum tipo de julgamento. Não importa quantas vezes você se distraia, simplesmente recomece o exercício. Haverá dias bons e dias ruins, mas você ficará bom com o tempo… A palavra meditação vem do verbo em latim meditari, que significa contemplação. Só é preciso contemplar os diversos pensamentos que passarão pela sua cabeça, não reforçá-los ou bloqueá-los. De acordo com a ciência, esse simples exercício de foco e desapego tem muito mais benefícios do que você possa imaginar…

Limpe sua mente de perguntas...
Limpe sua mente de perguntas…

Pesquisas tem mostrado constantemente os diversos benefícios de se sentar diariamente para acalmar a mente:

  • A meditação tem efeitos diretos no corpo, melhorando seu sistema imunológico e a sua resistência à dor.
  • Te deixa muito mais feliz, reduzindo estresse, ansiedade, depressão e reforçando pensamentos positivos.
  • Acredite se quiser, até mesmo melhora sua vida social! O processo de se desapegar de pensamentos e sensações aumenta a sua inteligência emocional e faz com que você tenha mais empatia.
  • Aumenta o seu auto controle, foco, atenção e memória.
  • Aumenta sua inteligência intrapessoal. Nossas mentes são como lagos sendo constantemente agitados, sem que possamos ver o que tem no fundo. A meditação acalma esse lago e permite que você perceba emoções que nem sabia que estavam lá, gostando delas ou não…
  • Você aprende a levitar!
  • O seu cérebro literalmente começa a se remodelar. Cientistas descobriram um aumento considerável de massa cinzenta e áreas relacionadas a regulação de emoções, auto controle, atenção e emoções positivas.
  • Te deixa mais criativo! Estudos mostram que a meditação aumenta a criatividade ao promover o “pensamento divergente”, que é um estilo de pensamento que permite que novas ideias sejam criadas.

(Links para todos os artigos científicos estão nos artigos do Psychology Today e do Head Space)

Você não vai levitar, mas vai virar o bichão...
Você não vai levitar, mas vai virar o bichão…

Acredite, não é um comercial da Polishop. Mas se você ligar agora, estará levando também essa fantástica aula de Yoga! A ciência está cada vez mais desvendando os poderes dessa prática. A meditação é como se fosse uma academia para o seu cérebro! Ao reservar apenas 10 minutos por dia para a prática, você poderá mudar todos os aspectos da sua vida para melhor. Não é que a meditação te dê algum tipo de super poder ou felicidade extrema, mas a prática regular traz benefícios reais que te ajudarão, um passo de cada vez, a se tornar uma pessoa melhor. Você passará a ter controle sobre si mesmo, mesmo nos momentos difíceis. Ao prestar atenção no que se passa em sua mente, você ganha perspectiva e percebe que não precisa ser um escravo das suas emoções.

Se você está deprimido,
Você está vivendo no passado;
Se você está ansioso,
Você está vivendo no futuro;
Se você está em paz
Você está vivendo no momento presente. -Lao Tzu

Muitas pessoas desejam começar a prática da meditação mas não tem a menor ideia de por onde começar… Primeiro lugar, não é preciso sentar na posição de lótus e nem mesmo estar parado. Existem diversas técnicas de atenção plena em que você pode praticar até caminhando. Na verdade, especialistas como Andy encorajam seus alunos a levar esse tipo de “atenção plena no presente” para suas atividades diárias. Ansiedade e depressão não residem em nós à toa. Esses sentimentos são parte de nosso processo evolucionário. Porém, quando você se livra das preocupações com um passado do qual você não pode mudar e com um futuro do qual você não pode controlar, sua mente fica livre para viver mais plenamente. Sem mais lero-lero, se você arranhar um inglês, pode começar com os 10 dias grátis do Head Space. Se não, procure por um guia de meditação para iniciantes e use um timer para marcar 5 ou 10 minutos de prática… (A preocupação com o tempo também é uma clássica distração na meditação.)

Você deve meditar por 20 minutos todos os dias, a menos que esteja muito ocupado… Nesse caso, você deve meditar por 1 hora. -Provérbio Zen (uma das versões)

Em sua TED Talk (vídeo abaixo), Andy nos provoca: “Qual foi a última vez que você reservou um tempo para fazer nada?” A evolução não nos preparou para viver no mundo em que vivemos. O que era para ser uma dádiva, se tornou uma maldição. A internet nos bombardeia a todo momento com uma Tsunami de informações que está deixando nossa sociedade doente. A meditação, já conhecida há milhares de anos, nunca se mostrou tão necessária e, com tantos benefícios, deveria se tornar um hábito comum de saúde como caminhar e comer saudável. Parece um absurdo, em nossa tão atarefada sociedade atual, que se peça para tirar um tempo para não fazer nada. Porém, a meditação não deve ser vista como um mal necessário, e sim como um hábito prazeroso que nos trará mais qualidade em quase todos os aspectos da vida. Garanto que você não perderá nada em 10 minutos de prática diária. A Terra continuará girando em torno do Sol. Na verdade, você só tem a ganhar! Agora, respire fundo e conte até dez…

Fontes: Evening Standard, Psychology Today, Head Space

Deixe uma resposta